domingo, 9 de maio de 2010

Você Tem Um Minuto?

Você Tem Um Minuto?

David Jeremiah

Uma mãe que acabara de terminar a leitura de um livro sobre como criar filhos ... ficou convencida de algumas coisas que deixara de fazer como mãe. Ao sentir isso, ela subiu as escadas para conversar com o filho. Quando se aproximou, tudo que pôde ouvir foi o som alto da bateria que vinha do quarto do garoto. Ela queria transmitir-lhe uma mensagem, mas quando bateu na porta, sentiu-se intimidada.
- Você tem um minuto? - disse ela quando o filho respondeu à batida.
- Mamãe, você sabe que sempre tenho um minuto para você, - disse ele.
- Sabe, filho, eu... eu... gosto muito da maneira como você toca bateria.
Ele exclamou, - Você gosta? Obrigado, mãe!
Ela levantou-se e voltou a descer. Na metade do caminho, compreendeu que não transmitira a mensagem que pretendia e voltou ao quarto dele, batendo outra vez na porta.
- É mamãe de novo! Você tem outro minuto? - perguntou.
- Mamãe, como já disse antes, tenho sempre um minuto para você.
Ela entrou e sentou-se na cama. - Quando estive aqui antes queria dizer uma coisa e no fim não disse. O que pretendia dizer é que... seu pai e eu... achamos você realmente ótimo.
Ele perguntou, - Você e papai?
- Sim, seu pai e eu.
- Que bom, mãe, Muito obrigado.
Ela saiu e estava novamente descendo, mas lembrou que faltava ainda um pedaço da mensagem, ela não dissera ao filhos que o amava. Subiu então novamente e desta vez ele ouviu os seus passos. Antes que perguntasse, ele gritou, - Sim, tenho um minuto!
A mãe sentou-se na cama mais uma vez. - Sabe, filho, tentei isto duas vezes e não consegui falar. O que realmente vim dizer-lhe é que o amo, amo você de todo coração. Não se trata do papai e eu amarmos você, mas de que eu amo você.
- Mamãe, isso é maravilhoso, amo você também!
E ele deu um abraço apertado na mãe.
Ela saiu do quarto e estava no alto da escada quando o filho colocou a cabeça na porta e perguntou: -Mamãe, você tem um minuto?
Ela riu e respondeu: - Claro.
- Mamãe, disse ele, você acaba de voltar de uma palestra?
____________ _

É irmãs, nós que amamos ao Senhor sempre que lemos um livro ou assistimos a uma palestra ou vamos a um acampamento sempre voltamos uma outra pessoa ... uma esposa boa, carinhosa, atenciosa, cheia de elogios para com o marido ... ou uma mãe que quer seguir os conselhos sábios do nosso Deus, usando a disciplina bíblica, amando mais os filhos, sendo uma mãe mais presente ...
Infelizmente, quando o tempo vai passando parece que vamos esquecendo tudo aquilo que aprendemos e voltamos a ser AQUELA de antes.
Quando estamos lendo a Palavra de Deus, estamos a cada dia nos esforçando para agradá-Lo.
Que possamos ser uma filha fiel à Palavra do nosso Deus e Pai porque só assim sempre seremos boas esposas, boas mães e uma mulher que mora no coração dEle.



Valdenira.

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _



Deus nos abençoe, à medida que nos esforçamos para melhor obedecê-Lo.


"Quem crê nEle não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus." (João 3:18).

"Como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!" (Sl 42:1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário